Chefs terão que decidir na hora quais receitas mostrar no Teste de Fogo

Terça, 01 de Setembro de 2020

A competição do Top Chef já passou da metade da temporada e, como era de se esperar, a disputa fica ainda mais acirrada. No oitavo episódio, que vai ao ar nesta quarta-feira (02), os oito chefs que ainda brigam pelo prêmio de R$ 300 mil são divididos em duas equipes de quatro integrantes. No Teste de Fogo, cada um dos times fica responsável por quatro preparos, sendo que dois pratos terão de ser azedos e dois amargos. E detalhe: cada competidor vai fazer um único prato. E, para deixá-los ainda mais tensos, no momento da avaliação do apresentador, Felipe Bronze, e dos jurados, Ailin Aleixo e Emmanuel Bassoleil, os participantes são avisados de que apenas um prato de cada sabor será degustado.

Qual preparo será que cada um vai escolher? Será que algum chef chamará a responsabilidade para si neste momento do jogo e exigirá que a sua produção seja julgada? Lembrando que a equipe vencedora do desafio do Teste de Fogo e o chef que fizer o melhor prato ganham imunidade e escapam do Desafio de Eliminação.

O Teste de Fogo, claro, vai salientar as picuinhas existentes nesta etapa do jogo, quando, qualquer vacilo, pode significar a saída da competição.

 

No Desafio de Eliminação, os chef vão ter de utilizar cinco ingredientes obrigatórios em um prato doce e outro salgado. Além disso, terão apenas cinco minutos para pegar outros cinco ingredientes extras. Ou seja, eles não terão muito tempo para pensar e escolher o que fazer para agradar ao apresentador e aos jurados.

A sexta eliminada da atração, no episódio da semana passada, foi a chef Taty Albano, cuja saída deixou todos abalados, uma vez que se tratava de uma excelente competidora. Quem detém o poder da Faca de Ouro desta semana é o chef César Scolari.

 

O Top Chef vai ao ar às quartas-feiras, às 22h30, com direção do núcleo de realities de Rodrigo Carelli e direção-geral de Chica Barros.

 

SOBRE O PROGRAMA

O Top Chef reúne 14 cozinheiros de olho no prêmio de R$ 300 mil e no título de o mais novo Top Chef Brasil. São, ao todo, 12 episódios, sempre exibidos às quartas-feiras, que, além de mostrarem toda a habilidade e o jogo de cintura dos competidores na cozinha, exibem a convivência deles na mansão Top Chef. Aliás, o dia a dia desses cozinheiros nesta casa é mais explorado nesta segunda temporada. 

Em cada episódio, são disputadas duas provas. No Teste de Fogo, os cozinheiros se enfrentam, em grupo ou individualmente, para garantir uma vantagem, que pode ser até mesmo uma imunidade. O Desafio de Eliminação é a última oportunidade para garantir a continuidade ou não de um participante no jogo. Uma diferença em relação à primeira temporada é que o vencedor da prova do Desafio de Eliminação ganha a Faca de Ouro, um poder superespecial, fato que pode ser crucial no jogo. Quem for eliminado arruma as facas e volta para casa.

As gravações da segunda temporada do Top Chef tiveram início em março deste ano, mas precisaram ser interrompidas devido à pandemia do coronavírus e à necessidade do isolamento social. O reality show voltou a ser gravado no dia 25 de julho. Os trabalhos foram encerrados, com sucesso, em agosto. Os participantes, que são os mesmos selecionados daquele período, passaram por todos os protocolos de segurança para voltarem à disputa, não só no cenário da cozinha como no confinamento do programa. 

Criado nos Estados Unidos em 2006, o Top Chef já foi adaptado para mais de 20 países, incluindo França, Itália, Portugal, Espanha, Holanda, Canadá e México, entre outros. Trata-se de um formato original da Bravo Media LLC, distribuído pela NBCUniversal. No Brasil, a Floresta é a licenciante e a produtora do programa baseado no formato de sucesso.

 

Crédito da foto: Antonio Chahestian/Record TV

Saiba das nossas novidades

Cadastre-se abaixo e receba a nossa newsletter.
Record
Av. do Contorno, 1545 - Floresta - Cep 30.110-005 Belo Horizonte - MG / Telefone: (31) 3217.8200