"Tive depressão, não queria pedir nada para ninguém. Então, comecei a guardar carro"

Quarta, 25 de Maio de 2016

O Câmera Record desta quinta-feira, 26/05, às 22h30, conta a história do humorista que ficou conhecido como “Alegria”. Ele contracenava com famosos, frequentava camarins, tinha as contas de casa absolutamente em dia. De uma hora para outra, viu o mundo artístico ficar cada vez mais distante. E para sustentar a família, começou a trabalhar como flanelinha: "Tive depressão, não queria pedir nada para ninguém. Então, comecei a guardar carro".

Ele atuou na televisão por dois anos, mas hoje, ganha a vida tomando conta de carros na rua. Entre xingamentos de motoristas e disputas de território com outros guardadores, arrecada 50 reais por dia: "Tem gente que me dá 50 centavos".

Os repórteres mostram o lugar onde Alegria mora e se surpreendem com outra habilidade do artista: fazer salgados para completar a renda doméstica. "Faço coxinha de catupiry, catupiry com frango...", revela.

E ainda: o programa conta por que tanta gente sonha com uma carreira no showbiz e mostra a trajetória de quem venceu a pobreza e conquistou a fama.

 

O Câmera Record, apresentado por Marcos Hummel, vai ao ar quinta-feira, às 22h30, logo após o Jornal da Record.

Saiba das nossas novidades

Cadastre-se abaixo e receba a nossa newsletter.
Record
Av. do Contorno, 1545 - Floresta - Cep 30.110-005 Belo Horizonte - MG / Telefone: (31) 3217.8200